Volta às aulas: dicas para pais

Por Letícia Machadoª

Entra setembro e com ele todo o processo de retorno à rotina para os pais e o retorno às aulas para os miúdos. Para a maior parte dos pais, essa retomada não é tarefa fácil e pode tornar-se uma fonte importante de stress devido às dificuldades de readaptação, aos gastos adicionais e às – não raras – brigas matinais.


A verdade é que é mesmo difícil deixarmos um momento tão prazeroso de férias para voltarmos a ter horários, compromissos e regras menos flexíveis. Por isso mesmo é que decidi partilhar com os pais algumas dicas que podem ser essenciais nessa transição das férias para a rotina:


1. Prepare os miúdos

O principal nesse período de transição é a boa comunicação. Converse com os miúdos e, de forma muito simples, explique como e quando será o retorno para a escola. É importante que a criança seja preparada aos poucos para que esse retorno não venha de “surpresa”. Se for uma transição importante, como a entrada para o 1˚ ano ou para uma nova escola, essa conversa será ainda mais importante. É natural que as crianças tenham medos e dúvidas e dar esses espaço para que elas possam ser ouvidas torna-se fundamental. Tente responder a todas as dúvidas com o máximo de atenção e da maneira mais simples que conseguir.


2. Planeie as horas de sono

Para além de explicar e conversar sobre o retorno à rotina é importante que, aos poucos, os pais retomem algumas regras que funcionam no período escolar. Uma delas é a hora de dormir e de acordar. Se a criança não estiver habituada a acordar cedo, o período de adaptação será mais difícil e as birras pela manhã podem ser maiores. Portanto, a dica é que cerca de uma semana antes do início das aulas, retome-se uma rotina de dormir e acordar cedo para que o organismo dos pequenos vá também se habituando a rotina.


3. Estimule o interesse

No período que antecede o retorno a escola, é essencial que os pais estimulem o interesse da criança pelo o que está por vir. Podem, por exemplo, folhear os livros junto com os pequenos para incitar alguma curiosidade e podem também partilhar algumas memórias sobre o que aprenderam quando cursaram em crianças aquele ano na escola. Outro estímulo que pode ajudar os mais pequenos é fazer com que eles participem da organização do material escolar, tudo de uma forma leve e divertida – por isso é essencial não deixar para a última hora!

De resto, aproveitem esses últimos momentos de férias com os vossos filhos. Façam desse retorno o mais prazeroso possível, façam dessa aprendizagem um momento de descontração, de brincadeira, de jogos.

Garanto que o retorno ficará muito mais leve para as crianças e também para os papais!

 

VEJA OUTROS TEXTOS

ª Leticia Machado é Psicóloga Clínica e Coach Pessoal e Profissional com a grande missão de vida de ajudar as pessoas a enfrentar desafios, motivá-las a serem o melhor que puderem, fazer com que elas sintam-se bem consigo mesmas e com o mundo ao seu redor, e, sobretudo, encorajá-las a serem sempre MAIS – mais felizes, mais realizadas, mais bem sucedidas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *