17 de Janeiro, 2018 – Leticia Machado

Por que fazer terapia?

Infelizmente ainda há a ideia de que para procurar ajuda psicológica é preciso estar louco ou à beira da loucura. Mas isso não passa de um mito. A terapia traz uma série de benefícios, especialmente para quem está “louco” para ser uma pessoa melhor! Vamos descobrir alguns desses benefícios?


1. Ser ouvido sem ser julgado 

O psicólogo, no decorrer da sua formação profissional e pessoal, é treinado para ouvir o cliente sem julgá-lo. Isso permite que o terapeuta possa ajudar o cliente a partir da sua própria realidade e conflitos. Isso é particularmente importante porque permite ao cliente sentir-se a vontade para falar o que vier a cabeça, sem medo de ser mal visto ou mal interpretado.


2. Descobrir novas habilidades 

A medida em que o psicólogo guia o tratamento, o cliente consegue ir descobrindo recursos e ferramentas dentro de si próprio que podem o ajudar nas mais variadas situações. No decorrer do processo, também pode descobrir e aprender novas habilidades que o ajudarão a ultrapassar situações-problema do dia-a-dia.


3. Livrar-se de hábitos prejudiciais 

Sabe aquela sua mania de discutir e depois se arrepender? Ou então de aceitar tudo o que lhe pedem e depois sentir-se demasiado angustiado para dar conta de tudo? Ou então aquele ímpeto de comer um doce depois de um dia que correu mal? Hábitos como esses podem ser prejudiciais, mas o psicólogo pode ajuda-lo a compreendê-los e substituí-los por comportamentos mais saudáveis!


4. Ultrapassar medos e dificuldades 

Não é preciso ter um medo ENORME para procurar um psicólogo. Ele pode te ajudar mesmo que nos pequenos medos: apresentar-se em público, ir ao cinema sozinho, receio de tentar começar um sonho que tenha. Enfim, ele também pode ajudar nos medos grandes, mas pode ser particularmente útil para te ajudar a ultrapassar aqueles pequenos medos e dificuldades que acabam por “trancar” a sua vida de alguma forma.


5. Sentir-se acolhido e compreendido 

É essencial para que o tratamento corra da melhor forma. O cliente deve sentir-se acolhido e compreendido pelo psicólogo porque essa é a base de um bom relacionamento terapêutico. Por isso ao começar uma terapia verifique que sentiu-se a vontade com aquele profissional e que simpatiza com ele. Não há mal nenhum em procurar outro profissional caso não sinta que teve uma boa conexão com o terapeuta, procure outro até encontrar o seu, apenas não desista de encontrar a sua melhor versão.

 

6. Alcançar a sua melhor versão 

Sabe aquela máxima de “sou assim mesmo”? Você pode ser diferente e pode ser do jeito que sempre quis ser, é só uma questão de se conhecer melhor e fazer ajustes nas suas respostas comportamentais e emocionais frente as situações que aparecem na sua vida. Para isso, um psicólogo é um excelente “treinador”. Ele te ajudará a descobrir os “gatilhos” dos seus comportamentos e que ferramentas já existem dentro de si para modificar suas respostas frente a esses gatilhos. Com treino, perseverança e paciência a probabilidade de você alcançar a sua melhor versão é enorme!

 

7. Melhorar seus relacionamentos 

Um psicólogo também pode te ajudar a melhor o seu relacionamento com sua família, amigos e parceiros amorosos. Ele te ajudará a ser mais assertivo e honesto consigo mesmo nas suas relações através de técnicas específicas.


8. O tratamento é cientificamente comprovado 

Psicologia é ciência. Há uma série de psicólogos que se dedicam com muito afinco às experiências científicas. É com base nesses estudos que os profissionais da área clínica lhe ajudam a viver uma vida melhor. Não é na base do palpite e nem de leitura da mente, é mesmo ciência.

 

E, acredite, funciona!

Leticia Leuze Machado

Leticia Leuze Machado

É Psicóloga Clínica, Pós-graduada em Psicopatologia da Infância e da Adolescência e Certificada Internacionalmente em Coaching. Realiza atendimentos na YellowRoad e tem larga experiência na área clínica com ênfase em psicoterapia infantil e adulta, gestão de stress e resolução de problemas.